6 maneiras de melhorar o tráfego para o seu site de pequenas empresas e se tornar irresistível para os clientes

Independentemente do tamanho de um negócio, a fim de ficar à frente dos seus concorrentes, é importante se concentrar no SEO. O conhecimento do hacking de crescimento de SEO é necessário para sobreviver à competição de garganta corta no mundo digital. Os mecanismos de pesquisa

São o local importante para as pessoas fazerem perguntas e limparem suas dúvidas. Portanto, o Hacking de crescimento de SEO tem o potencial de tornar seus negócios imensamente lucrativos e bem-sucedidos. Se você possui uma pequena empresa, precisa se concentrar nos hackers de crescimento de SEO para expandir seus negócios e obter a confiança do seu público-alvo.

Quando feito corretamente, as estratégias de hackers de crescimento de SEO podem ajudá-lo a melhorar suas classificações e aumentar suas taxas de conversão. Embora táticas tradicionais de saída como mala direta possam gerar taxas de conversão de 1,7%, o SEO pode gerar taxas de conversão de 14,6%.

Hacking de crescimento de SEO

Então, você precisa se concentrar em hacks eficazes de crescimento de SEO, o que pode ajudá-lo a obter as principais classificações nos resultados dos mecanismos de pesquisa. Aqui estão quatro técnicas comprovadas de hackers de crescimento de SEO que você pode usar:

1. Projete um site responsivo a dispositivos móveis

Ultimamente, tem havido um aumento significativo no número de Pesquisas que se originam de dispositivos móveis. A razão para isso é um aumento no número de dispositivos móveis e maior disponibilidade da Internet em todo o mundo. Em 2019, espera-se que o número de usuários de smartphones atinja 4,68 bilhões.

Também, devido ao maior uso de dispositivos móveis, o tráfego gerado a partir de smartphones e tablets também está aumentando. Em 2018, 52,2% de todo o tráfego da Web foram gerados a partir de dispositivos móveis.

Então, é crucial desenvolver um site que possua um design responsivo para dispositivos móveis e possa se adaptar a qualquer tamanho de tela. Esta é uma técnica importante de hackers de crescimento de SEO. Se você possui uma pequena empresa, siga estas dicas para tornar seu site responsivo a dispositivos móveis:

  • Certifique-se de criar conteúdo coeso, legível e relevante.
  • Certifique-se de otimizar seus visuais para que eles demorem menos tempo para carregar.
  • Sempre certifique-se de criar designs de página verticais em vez de páginas estáticas ou horizontais.
  • Use botões e ferramentas de navegação favoráveis ​​ao toque.
  • Sempre adicione botões de compartilhamento social ao seu conteúdo. Isso facilitará que seus leitores compartilhem seu conteúdo com suas redes sociais.

Você pode usar o teste para celular do Google para verificar se seu site responde a dispositivos como telefones celulares e tablets. A ferramenta também o guiará sobre como tornar seu site responsivo móvel.

2. Crie clusters de conteúdo

Criar clusters de conteúdo envolve ter uma página principal para atuar como a página do pilar-o centro de conteúdo com tópicos gerais. Todas as páginas de conteúdo relacionadas a esse tópico principal serão vinculadas a esta página do pilar e entre si.

Por exemplo, você pode ter uma página de pilar no SEO e criar diferentes peças de conteúdo nas várias táticas de SEO e outros tópicos relacionados. Isso pode incluir tópicos sobre pesquisa de palavras-chave, otimização de velocidade da página, otimização de pesquisa de voz e muito mais.

Esse tipo de estrutura de vinculação envia sinais que ajudam os mecanismos de pesquisa a entender que a página do pilar é uma autoridade sobre o tópico que ela cobre. E com o tempo, isso ajudará a página a obter uma classificação melhor para esse tópico.

Isso foi comprovado por um estudo do HubSpot que experimentou clusters de tópicos. Eles descobriram que suas páginas obtiveram maior colocação nos resultados dos mecanismos de pesquisa quando se interligavam mais. E um aumento nos links internos também aumentou as impressões.

Você pode aumentar essa estratégia, criando clusters de conteúdo com base no Palavras-chave para as quais seus concorrentes estão classificando. Dessa forma, você terá mais chances de ficar à frente deles e/ou ficar à frente.

Você pode usar ferramentas como o Spyfu para descobrir quais palavras-chave seus concorrentes estão classificando. Basta inserir o URL e a ferramenta retirará um relatório de seus rankings orgânicos e palavras-chave principais. Ele até mostrará quantos cliques estão recebendo para essas palavras-chave.

3. Melhore a experiência do usuário (UX)

A experiência do usuário tem um impacto direto em suas classificações. De acordo com as diretrizes do Google, as páginas da web precisam ser criadas principalmente para usuários e não para mecanismos de pesquisa. Portanto, você deve fornecer uma excelente experiência do usuário ao seu público-alvo.

Certifique-se de entender e considere as necessidades de seus usuários em potencial quando criar uma página da Web para eles. Isso ajudará você a melhorar a experiência do usuário. A maneira como um usuário se comporta em seu site ajuda os mecanismos de pesquisa a avaliar a credibilidade do seu site.

Então, para melhorar a experiência do usuário, simplifique a estrutura do seu site. Certifique-se de criar um site fácil de navegar. Isso garantirá que seus clientes em potencial possam se mover de maneira fácil e rápida através do seu site.

Além de otimizar a estrutura do seu site, crie conteúdo relevante e use visuais envolventes. Pode não ser uma estratégia econômica para uma pequena empresa, mas definitivamente vale a pena o investimento.

4. Melhore a velocidade de carga da página

A velocidade de carregamento da página do seu site pode afetar suas classificações. Se suas páginas da web demorarem muito para carregar, isso pode incomodar as pessoas. Coloque-se no lugar do seu público-alvo e imagine a reação deles em uma página da web que carrega a uma velocidade de lodo de caracol.

Isso pode ser frustrante e pode afastar seu público, apesar de ter um ótimo conteúdo em seu site. Portanto, você precisa se concentrar em melhorar a velocidade de carga da sua página. Este é um hack de crescimento de SEO muito importante.

Quanto mais rápida a velocidade de carregamento do seu site, maior serão as chances de garantir os principais ranks nos resultados dos mecanismos de pesquisa. O Google considera a velocidade de carregamento da página como um fator vital na determinação das classificações.

Portanto, mesmo se você possui uma pequena empresa, precisa garantir que seu site tenha uma velocidade de carregamento de página rápida. Para começar, você pode excluir todos os dados e links desnecessários de suas páginas da web. Em segundo lugar, otimize o tamanho do seu visual. Isso geralmente é responsável por aumentar o tempo de carregamento da página e diminuir as páginas da web.

Para ficar de olho na velocidade de carregamento de suas páginas da web, você pode usar ferramentas gratuitas como o Google PageSpeed ​​Insights. Isso ajudará você a monitorar a velocidade de carregamento do seu site e fornecerá feedback sobre como melhorá-lo ainda mais.

5. Procure os trechos em destaque

Os trechos em destaque obtêm mais visibilidade do que qualquer outra posição nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa. É ainda mais proeminente que a posição superior e é frequentemente chamado de posição 0. Você pode ver uma prova disso na captura de tela abaixo, onde o Digital Marketing Institute recebe o trecho em destaque, mas a posição superior é um grão único.

Você deve procurar trechos de destaque para o seu conteúdo, se desejar Para obter visibilidade garantida e direcionar mais tráfego para o seu site. Embora não exista uma maneira garantida de atingir esse objetivo, existem algumas táticas que ajudarão você a melhorar suas chances de receber trechos em destaque. Estes são alguns dos itens essenciais com quem você deve começar:

  1. Será mais fácil obter trechos em destaque se você já classificar na primeira página. Portanto, comece concentrando seus esforços em melhorar o conteúdo pelo qual você já está classificando na primeira página.
  2. Melhore sua formatação para facilitar para o Google entender do que se trata o seu conteúdo. Resuma seus pontos em listas e pontos de bala, pois são mais fáceis de entender para o mecanismo de pesquisa. Certifique-se de usar tags H3 em seus subtítulos, porque o Google às vezes re-formates essas tags em pontos de bala nos trechos em destaque.
  3. Se você está criando um novo conteúdo do zero, as perguntas das perguntas-alvo porque elas tendem a obter mais trechos em destaque. Por exemplo, «como» ganhou 51,11% dos trechos de parágrafo em apresentação e 46,91% dos snippets em destaque baseados em lista. Você pode usar plataformas como responder ao público para descobrir perguntas comuns feitas em torno de suas palavras-chave de destino.

6. Melhore suas meta etiquetas

Mesmo algo tão pequeno quanto suas meta tags podem ter um enorme impacto na sua taxa de cliques e desempenho de SEO . Otimizar seus meta-títulos e descrições pode aumentar significativamente suas impressões e tráfego, se você fizer o certo.

Isso ocorre principalmente porque suas metatags são o que os pesquisadores veem na página de resultados do mecanismo de pesquisa. Então, dependendo de quão convincentes e úteis eles são, as pessoas podem se sentir mais inclinadas a clicar no seu link.

E quanto mais cliques você obtém, mais você convence o Google de que seu conteúdo é relevante para esse termo de pesquisa específico. Em breve, você subirá no ranking para obter resultados de pesquisa relevantes.

De fato, Elise Dopson aumentou seu tráfego de pesquisa em 54% apenas otimizando suas meta etiquetas. As impressões também aumentaram 57% e sua posição média de classificação saltou 10 lugares.

Não é suficiente apenas adicionar palavras-chave em suas meta tags para pesquisa motores para classificar seu site. Você também precisa atender aos seres humanos-as pessoas reais que vão ler suas meta descrições e decidir se devem ou não clicar no seu link com base em sua relevância.

Além de adicionar palavras-chave no seu meta-título e descrição, você também deve considerar algumas outras práticas recomendadas.

  1. Antes de tudo, o limite do caractere é uma consideração crucial, pois você não pode correr o risco de ter uma descrição incompleta exibida nos SERPs. O meta-título médio tem cerca de 55 caracteres, enquanto a meta descrição média contém aproximadamente 164 caracteres.
  2. Suas metatags devem ser relevantes para o respectivo conteúdo da página. Eles devem descrever com precisão e concisa o que é a página para que os pesquisadores saibam se é relevante para suas pesquisas.
  3. Mantenha seus metais títulos curtos e, direto ao ponto, resumindo com precisão o tópico discutido na página.
  4. Suas meta descrições devem ter cerca de duas frases. Normalmente, a primeira frase deve iniciar por que o tópico é importante enquanto a segunda frase convida as pessoas a ler o conteúdo ou clicar no link. Eles devem ser o mais descritivos, mas o mais breve possível.

Pensamentos finais

O hacking de crescimento de SEO pode ter um impacto significativo na maneira como você classifica os resultados da pesquisa e suas conversões. Estratégias de SEO, como o uso de palavras-chave de cauda longa, a criação de um site responsivo a dispositivos móveis e melhorar a velocidade de carregamento da página pode ajudá-lo imensamente. Portanto, aproveite-os e comece a levar sua pequena empresa a novos patamares.

Você conhece outras estratégias eficazes de hackers de crescimento de SEO? Nesse caso, sinta-se à vontade para compartilhar seus pensamentos nos comentários abaixo.

Video:6 modi per migliorare il traffico per il tuo sito Web di piccole imprese e diventare irresistibili per i clienti

Ir arriba