Como resolver conflitos nas empresas familiares

As empresas familiares são um modelo organizacional que pode ser muito bem sucedido se uma boa gestão empresarial for realizada e há um acordo comum entre todos aqueles que fazem parte dele. No entanto, apesar disso, também pode ser um dos principais focos de conflitos entre trabalhadores, seja devido a interesses contrários no local de trabalho ou nas tensões existentes entre eles em suas vidas pessoais. Preste atenção ao seguinte artigo descobre, descubra dicas úteis para resolver conflitos em empresas familiares e assegure seu bom funcionamento.

A obtenção de certas decisões, como estabelecer hierarquias profissionais, definindo remunerações, delimitando funções e privilégios, permitindo a incorporação de familiares e outros, são algumas das principais situações que geralmente geram problemas em empresas familiares. Quando surgem esses conflitos, é necessário reconhecê-los, enfrentá-los e tentar resolvê-los através do diálogo e ao compartilhamento de opiniões e reflexões.

Um passo fundamental para resolver conflitos em empresas familiares é que as pessoas envolvidas têm a capacidade de separar relacionamentos pessoais de profissionais, além de focar exclusivamente sobre os interesses da empresa que deixa de lado suas posições e necessidades específicas. Desta forma, uma boa maneira será encontrada para dar soluções que são benéficas para todos os membros e, mais importante, para o bom funcionamento da empresa e seu futuro sucesso.

Da mesma forma, como em qualquer outro tipo de empresa, em empresas familiares, deve haver uma organização clara e precisa. Nele, deve consistir qual é a posição de cada um dos membros envolvidos na gestão, estabelecendo principalmente a posição e a autoridade do fundador ou autoridade máxima da empresa. Desta forma, haverá um valor responsável pela mediação em caso de conflitos trabalhistas, para gerenciar a situação e encontrar a melhor solução para a empresa e os trabalhadores.

Agora, em muitas ocasiões, as coisas não são bem definidas e as pessoas que fazem parte do negócio da família não são capazes de lidar com o problema e chegar a um ponto comum. É então, quando a melhor opção para resolver conflitos familiares é contratar os serviços de uma consultoria externa ou pessoa especializada, que terá seus próprios critérios, uma vez que não tem uma ligação afetiva tanto com a sociedade familiar quanto com as pessoas envolvidas.

A mediação e a avaliação neutra é sempre uma aposta segura para empresas familiares que querem ficar à tona, mas não conseguem entender sozinhas. No entanto, para que isso dê bons resultados, é essencial que todos os membros da família estejam dispostos a cumprir novas diretrizes, assumir erros e fazer alterações que o profissional externo considera oportunamente.

Se você deseja obter informações úteis e detalhadas sobre a resolução de conflitos em empresas familiares, bem como fatores-chave para o seu sucesso, recomendamos que você consulte este Guia gratuito da EAE Business School.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes sobre como resolver conflitos em empresas familiares, recomendamos que você insira nossa categoria de economia e empresas.

Ir arriba