Como trabalhar no Instituto Cervantes

O Instituto Cervantes é a instituição pública criada pela Espanha em 1991 para promover espanhol e co-oficial línguas da Espanha e disseminar a cultura dos países de língua espanhola. Está presente em 77 cidades de 44 países em cinco continentes e também tem dois locais na Espanha: a sede de Madri e a sede de Alcalá de Henares. Se você também quer fazer parte da equipe deste corpo público, não perca esta questão de saber como trabalhar no Instituto Cervantes.

  1. Central Sede (Espanha)
  2. Centros de seleção
  3. Centros no exterior
  4. Processo de seleção
  5. OFERTAS

Central Sede (Espanha)

A) Estar em posse de um diploma de bacharel. Este título deve ser reconhecido ou aprovado pelo Ministério da Educação e da Ciência Espanhola.

B) Ensinar a experiência do espanhol como língua estrangeira.

C) Treinamento específico em espanhol como língua estrangeira ou como segunda língua.

D) Não sofre de doenças ou limitações físicas ou psíquicas incompatíveis com o desempenho normal das funções que correspondem ao local chamado.

E) Não tendo sido separado por arquivo disciplinar do serviço de qualquer agência de administração pública, nem é desativado para o desempenho das funções públicas.

Processo de seleção

  • Primeira fase: Mérito Concurso

Méritos específicos para a posição (títulos acadêmicos e formação complementar, experiência profissional, publicações, conhecimento de línguas e os países dos centros solicitados).

  • Segunda fase: oposição

Esta fase vai passar, para cada lugar chamado, os 10 candidatos que obtiveram uma pontuação mais alta na fase de concurso de mérito. Consistirá em dois testes, escrito (composto, por sua vez, dois exercícios) e uma entrevista.

  • Formalização do contrato de trabalho

De acordo com a legislação aplicável, os candidatos selecionados assinarão um contrato de trabalho indefinido, sujeito a um período de teste de seis meses.

Centros ao ar livre

Requisitos:

A) Estar em posse de um diploma de bacharel, reconhecido ou aprovado pelo Ministério da Educação, política social e esportes da Espanha.

B) Ensinar a experiência do espanhol como língua estrangeira.

C) Treinamento específico em espanhol como língua estrangeira ou como segunda língua.

D) Competência comunicativa suficiente em inglês ou francês.

Processo de seleção

  • Primeira fase: Mérito Concurso

Grau acadêmico e formação complementar relacionada, experiência profissional relacionada, publicações e línguas.

  • Segunda fase: teste escrito

Primeiro exercício: tema.

Segundo exercício: texto comentar

Terceiro exercício: sequência didática.

  • Terceira fase: Entrevista

A entrevista destina-se a determinar e valorizar a adaptação do candidato para o local de trabalho convocado, sua iniciativa e sua capacidade de uma organização, bem como a vontade de se integrar em um projeto de divulgação e consolidação da língua e cultura espanhol.

Oferta de trabalho

No site do Cervante Institute, você pode consultar as ofertas de emprego neste momento, tanto para a sede espanhola quanto para o resto dos países. Você pode acessar, clicando aqui.

Se você quiser ler mais itens semelhantes a Como trabalhar no Instituto Cervantes, recomendamos que você insira nossa categoria de emprego.

Ir arriba